Circular Brasil

O Circular Brasil de Dezembro atravessou o tempo na música instrumental brasileira

sexta, 07 de janeiro de 2022

Compartilhar:

Conheça a Música que atravessa o Tempo, no Circular Brasil.

O Circular Brasil de 5 de dezembro traz universos bem distintos e também gravações históricas.

Começamos com um disco solo do violonista Djalma Marques, de Pernambuco, com faixas de sua autoria, presentes no álbum “Recriando”.

Logo depois vamos para o resultado da união de 3 violeiros no disco “Esbrangente”, são eles o Roberto Corrêa, Badia Medeiros e Paulo Freire.

E para terminar, um registro histórico, de alto valor cultural: gravações originais do flautista Benedito Lacerda, com gravações feitas em torno de  1930, mostrando ali o grande talento desse compositor brasileiro, que foi um dos grandes parceiros de Pixinguinha. As faixas foram tiradas do disco “CD 01 – Solista e Cantor”, que por sua vez, é um dos discos da caixa “Benê, o Flautista”.





Conheça Veteranos do Instrumental no Circular Brasil.

Em 19 de dezembro, o Circular Brasil apresenta artistas já consagrados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Goiás.

O programa começa com o guitarrista e compositor Olmir Stocker, o “Alemão”, do Rio Grande do Sul. Ouviremos faixas do álbum “Só Sabor”.

Logo depois vamos apreciar a música do gaitista Maurício Einhorn, do Rio de janeiro, com faixas do disco “Conversa de amigos II”, interpretando temas do Jazz.

E para terminar, vamos conhecer as músicas de um álbum que foi a união do saxofonista Nivaldo Ornelas, de Minas Gerais com o pianista Ricardo Leão, de Goiás. Serão faixas do disco “As Canções de Milton Nascimento”, interpretando clássicos do Milton em versão instrumental.


Conheça artistas que atravessaram o tempo na Música Instrumental! 

O Circular Brasil trouxe em 26 de dezembro a música de artistas que são, já por várias décadas, ícones do segmento de Música Instrumental no País.

Começamos com o violonista e compositor Ulisses Rocha, de São Paulo, com faixas do seu disco “Alguma Coisa a Ver Com o Silêncio”.

Logo depois vem o saxofonista e flautista Mauro Senise, com faixas do seu álbum “Jade”.

E para fechar, vem o som do gaitista Rildo Hora, com temas do disco “Romance”.



Comentários

Divulgue seu lançamento