Música

Clipe sobre a Revolta da Chibata abre o caminho para novo álbum de Luca Argel

terça, 24 de novembro de 2020

Compartilhar:

Uma homenagem mais que merecida a João Cândido, o Almirante Negro, vai navegar pelo mar da internet em novembro, através das ondas sonoras e visuais do videoclipe de animação "Almirante Negro (O Mestre-Sala dos Mares)".

O projeto faz parte do novo álbum "Samba de Guerrilha", do cantor e compositor Luca Argel, um carioca da gema que mudou-se para além-mar e hoje canta a sonoridade e poesia da música brasileira, de Portugal para todo o mundo.

Foto: João Saramago 

Desta vez a canção de João Bosco e Aldir Blanc ganha a letra original, sem a intervenção da censura do início da década de 70. A apresentação será gratuita, pelo Canal do Luca Argel no YouTube.

“O objetivo é mostrar o samba como um elemento de resistência, de registro histórico e como um fio, que une várias culturas existentes no Brasil” diz Luca, que já mora em Portugal há oito anos. “A partir do samba é possível contar muitas histórias e resgatar personagens míticos como o Almirante Negro João Cândido, que se tornou um bravo representante da resistência negra”.

Além da nova versão da música e da animação dirigida por Anderson Cruz do Copa Studio (um dos responsáveis pelas animações de Irmão do Jorel e Tromba Trem, entre outras), Luca também nos relembra um trecho da histórica carta de exigências da revolta, através da voz de Átila Bee, ator que recentemente interpretou o próprio João Cândido no espetáculo Turmalina 18-50, sobre a história de vida do “Almirante Negro”.